Rafael Faria
1



Está sem idéia para criar um livro totalmenet inovador, que não prejudique o meio ambiente e ainda serve para mais coisas além de introduzir conhecimento na mente de quem o lê?

Então apresento-lhes o Livro comestível. Sim, ele além de parecer um livro, ter palavras como um livro tradicional, transmitir informações como todos os outros livros, também serve como comida. Imagine seu leitor passando horas e horas lendo seu livro e depois de grandes emoções ele ter que ir fazer um lanche e esquecer tudo o que ja leu até ali, então com o Livro comestível, ele pode simplesmente arrancar as folhas ja lidas e matar a fome enquanto continua lendo as páginas posteriores, fazendo com o leitor fique no conforto do local onde está lendo o livro. Ao final, economiza-se dinheiro, tempo e recursos.
Podemos criar um livro com vários sabores diferentes.

Esta idéia deriva do livro Sítio do Picapal amarelo de Monteiro Lobato

Marcador de idéia: Marcadores:

1 comentários:

  • Oi Rafa,

    pois livro eu nunca comi, mas um poema já!
    Olha aqui:

    http://carla.ro.sites.uol.com.br/blog/arch2009-11-01_2009-11-15.html

    Bj e feliz dia do amigo!

Postar um comentário

Você tem algum comentário a fazer sobre esta postagem? Então escreva. Se você tiver alguma boa e criativa idéia que desejar compartilhar também pode escrever, mas há o 'contato' para isso.